Ocorreu um erro

Fechar

Esqueci a senha

Insira o CNPJ ou o Email

Fechar

Saiba os principais erros cometidos na gestão de benefícios

 

Saiba os principais erros cometidos na gestão de benefícios

Oferecer os benefícios empresariais, como o vale-alimentação e o vale-transporte, aos colaboradores significa aumentar e manter a qualidade de vida das pessoas. Porém, concluir essa tarefa pode ser mais complicada do que se imagina, principalmente quando ocorrem problemas referentes à falta de planejamento do produto e má distribuição dos benefícios.

Além de ambas as dificuldades, existem outras ações cometidas pelo setor de recursos humanos que conferem efeitos negativos à gestão de benefícios. A seguir, confira quais são os três principais erros cometidos:

Ausência de normas na política de benefícios

Durante a organização do sistema de prerrogativas é essencial detalhar regras que vão tornar o funcionário elegível aos benefícios, como estabelecer valores e o modo de como o recebedor poderá usufruir.

A ausência dessas normas, principalmente em relação ao aspecto financeiro, pode causar uma sensação de confusão e injustiça por parte dos colaboradores quando alguém recebe algum benefício a mais.

Neste caso, a solução ideal é a criação de um livro de normas – de preferência digital, pois o compartilhamento ocorre facilmente -, para evidenciar quais benefícios a empresa oferece e, consequentemente, as limitações.

Investimento em controle manual

Com este cenário é praticamente impossível defender as empresas que ainda utilizam o controle manual na gestão de benefícios. Neste contexto, fatores como o desequilíbrio financeiro e logístico são comuns e, muitas vezes, decisivos para a desvalorização da empresa perante os funcionários.

Para evitar este erro, invista em uma empresa que ofereça o suporte na gestão de benefícios por meio da tecnologia, pois o resultado será praticidade. Empresas especializadas como a RB Serviços gerenciam as conveniências que são concedidas aos funcionários de forma eficiente e proporcionam, ao mesmo tempo, a redução de custos à empresa contratante com soluções que vão de acordo com a legislação.

Falta de atenção ao que realmente é exigido pela lei

A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) foi criada com o objetivo de proteger os direitos e deveres dos trabalhadores e empregadores. Portanto, é indispensável que a empresa siga à risca quais são os benefícios estipulados como obrigatórios pela lei.

Além disso, atentar-se às Convenções Coletivas de Trabalho também é necessário, pois algumas vantagens, como vale-refeição, surgiram após as CCTs estabelecerem um caráter compulsório.

Conceda a devida atenção à estes pontos específicos para organizar uma gestão de benefícios mais segura e, consequentemente, minimizar problemas futuros.

FAÇA UMA COTAÇÃO

FAÇA UMA COTAÇÃO