Ocorreu um erro

Fechar

Esqueci a senha

Insira o CNPJ ou o Email

Fechar

Benefícios do Trabalhador: como educar sua equipe sobre eles

O trabalho com carteira assinada, o famoso CLT, fornece ao trabalhador inúmeros benefícios, como vale-transporte, férias, 13º Salário e seguro desemprego. Porém, em muitas empresas, os colaboradores não sabem sobre seus reais direitos como funcionários e acabam tendo alguns desentendimentos com o setor de RH.

Isso faz com que a relação entre empresa e colaborador se desgaste, criando um mal-estar desnecessário. Para acabar com problemas como este, é fundamental educar sua equipe sobre os benefícios do trabalhador. Ou seja, deixe claro o que a empresa é obrigada a fornecer – por lei – e o que deve ser considerado como um “benefício adicional”.

Quer algumas dicas de como fazer isso? Então vem com a gente! 😉

Fale sobre benefícios trabalhistas logo na contratação

Nada pior do que um relacionamento que começa cheio de expectativas e termina rodeado de frustrações, não é mesmo? E isso também vale – e muito – quando falamos da relação entre empresa e funcionários. Afinal, os colaboradores são os responsáveis por seguir ao seu lado na busca pelo sucesso e, portanto, precisam confiar plenamente na organização.

Por isso, é fundamental deixar tudo às claras logo no começo, ou seja, na contratação. Isso significa detalhar todos os benefícios do trabalhador, desde o dia em que ele os receberá até a forma de utilização. Uma boa maneira de fazer isso é por meio de documentos que expliquem todos os direitos e os deveres do colaborador. O papel deve ter duas vias e ser assinado por ambas as partes – empresa e funcionário.

Garanta que sua equipe de RH saiba tudo sobre os benefícios do trabalhador

Quando um funcionário tem alguma dúvida ou reclamação sobre alguma questão administrativa, o mais comum é que ele procure o setor de Recursos Humanos para prestar esclarecimentos. Afinal, essa área é a responsável por fazer a gestão de pessoas dentro de uma empresa.

Por isso, nada mais justo do que preparar o RH para qualquer tipo de situação que envolva benefícios do trabalhador. Uma boa forma de fazer isso é organizar treinamentos focados nestes profissionais para torná-los verdadeiros especialistas no assunto. Além disso, incentive-os a estudar, com frequência, a legislação trabalhista e suas possíveis atualizações.

Outra dica importante é melhorar a comunicação da sua equipe de RH. Isso porque a forma como estes profissionais lidam com outros colaboradores impacta diretamente na imagem interna que a empresa possui. Por isso, além de saberem “o que falar”, eles devem saber “como falar”. Dessa forma, você consegue evitar possíveis desentendimentos por falhas na comunicação.

Esclareça as diferenças entre direitos e benefícios

Muitos benefícios do trabalhador de carteira assinada são garantidos pela legislação vigente, fazendo com que a empresa seja obrigada a fornecê-los. Já em outros casos, a empresa é que decide, por conta própria, “bonificar” seus funcionários com determinado benefício, mesmo que ele não seja obrigatório.

O problema é que nem sempre isso está claro para os colaboradores, podendo gerar atritos desnecessários. Um bom exemplo disso é o vale refeição que, ao contrário do que acontece com o vale-transporte, não é uma obrigação dos empregadores – apenas se determinado por uma Convenção ou Acordo Coletivo de Trabalho.

Esse tipo de equívoco pode ser evitado quando um colaborador sabe o que é seu por direito (de acordo com a CLT) e o que a empresa decide oferecer para motivá-lo ou melhorar seu rendimento. Busque esclarecer como funcionam os benefícios trabalhistas de forma didática: por meio de treinamentos, palestras e campanhas educativas.

Mantenha a transparência na relação com seus funcionários

Como já dissemos no primeiro tópico do texto, a relação entre colaborador e empresa deve ser verdadeira desde o começo. Essa situação deve se manter durante todo esse relacionamento, para que a confiança entre as duas partes permaneça intacta. Por isso, busque ser transparente em todas as decisões e possíveis mudanças.

Por mais que algumas informações ou comunicados possam gerar certo desconforto em sua equipe, a verdade é sempre o melhor caminho. Basta encontrar a forma certa de transmitir determinada ideia e escolher os argumentos certos. Desta forma, mesmo que algumas pessoas fiquem insatisfeitas, elas sentirão que a empresa se importa com a opinião delas e que está sendo plenamente honesta.

Viu como é possível educar os colaboradores da sua empresa sobre os benefícios do trabalhador? Então aproveite para compartilhar nosso conteúdo em suas redes sociais e ajudar ainda mais pessoas! 🙂

FAÇA UMA COTAÇÃO

FAÇA UMA COTAÇÃO